Login | Blog | Twitter | Ação Social | Downloads | Suporte | Contato

Glossário e Termos Técnicos

3D PDF: É um arquivo formato PDF gerado pelo MicroStation que contém o modelo 3D e pode ser visualizado dinamicamente através do Acrobat Reader.
ABNT: Associação Brasileira de Normas Técnicas - http://www.abnt.org.br
AccuSnap: Complemento gráfico inteligente do AccuDraw no MicroStation que minimiza o número de cliques necessários para identificar os pontos-chave geométricos em um projeto, destacando-os a medida que aproximamos o ponteiro do mouse.
ACS: Auxiliary Coordinate System - Sistema auxiliar de coordenadas é um sistema de coordenadas com sua origem definida pelo usuário e uma orientação que pode ser definida, ativada, salva e recarregada durante uma seção de projeto.
ADSL: Asymmetric Digital Subscriber Line - Tecnologia de comunicação de dados que permite rápida trasmissão de dados através de linhas telefônicas se comparada a um modem convencional.
ADSL2+: Padrão que aumenta a capacidade do ADSL para até 24 Mbps
AEC/O: Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação
AIA: American Institute of Architects
AIIM: Association for Information and Image Management - www.aiim.org, é a comunidade global de ECM que fornece educação, pesquisa e melhores práticas para ajudar organizações a achar, controlar e otimizar informações
AJAX: Asynchronous JavaScript And XML - É um método que utiliza Javascript e XML para tornar páginas Web mais dinâmicas e interativas.
Annotation Scale: No ambiente MicroStation é fator de escala opcional aplicável a elementos de texto e dimensão e ao elemento Sheet Layout. O anotation scale garante que, ao criar uma impressão em escala, anotações contidas no desenho estejam em seu tamanho fisico correto.
ANSI: America National Standard Institute ou Instituto Americano de Normas Nacionais
ASCII: American Standard Code for Information Interchange
Assinatura Digital: É um mecanismo para indicar a pessoa que aprovou o DGN de maneira confiável aos outros usuários do arquivo e para que esta indicação seja verificável.
ASTM: American Society for Testing and Materials é um organismo internacional de normatização de vários materiais, produtos, sistemas e serviços.
AVI: Audio Video Interleave – É um container de áudio e vídeo definido pela Microsoft
Bentley Systems: é a companhia líder em soluções de software para desenho, análise, projeto, construção, operação e manutenção da infra-estrutura mundial, bem como gerenciamento de conteúdo e documentos, que ajudam engenheiros, arquitetos, contratantes, governos, instituições e empresas de serviços públicos a realizar projetos de todos os tipos e tamanhos. Possui uma gama de diferentes tipos de serviços disponíveis aos clientes como treinamentos, consultoria e suporte, com profissionais certificados que estão à disposição para discutir a melhor solução para seu projeto. Bentley é infra-estrutura sustentável.
BI: Business Inteligence ou Inteligência de Negócios
BIM: Building Information Modeling, saiba mais...
Brownfield: É uma área que tem sido desenvolvida, como o site de um posto de gasolina, um estacionamento pavimentado ou o site de um edificio demolido
CAD: Computer-Aided Design - Projeto Assistido por Computador. CAD é um nome genérico para designar softwares com funções capazes de criar e ou modificar desenhos vetoriais. É utilizado para facilitar o desenvolvimento de projetos de engenharia, arquitetura, geologia, design, entre outros.
CCMS: Component CMS ou sistema para gestão de conteúdo a nível de componente, ou ainda, sistema para administração de conteúdo a nível granular em oposição ao nível de documento, onde cada componente representa um único tópico, conceito ou ativo, como por exemplo, imagem, tabela, descrição de produto. Componentes são montados em múltiplas montagens de componentes e podem ser visualizados como componentes ou como documentos tradicionais. Cada componente tem seu próprio ciclo de vida (proprietário, versão, aprovação, liberação, uso) e pode ser trilhado individualmente ou como parte de uma montagem. As vantagens de se manter um gerenciamento a nível de componente são: grande consistência e precisão, reduzidos custos de manutenção, distribuição e tradução.
Certificado Digital: É um documento de identificação na rede como a Internet para pessoas, instituições ou computadores. O certificado digital é emitido para pessoas físicas e jurídicas, equipamentos e aplicações. A emissão é feita por uma entidade considerada confiável, denominada Autoridade Certificadora. O arquivo de computador gerado pelo Certificado Digital contém um conjunto de informações que garante a autenticidade de autoria na relação existente entre uma chave de criptografia e uma pessoa física, jurídica, máquina ou aplicação.
CFEM: Compensação Financeira sobre a Exploração de recursos Minerais
CFG: arquivo de ConFiGuração do site no ambiente MicroStation com extensão "*.cfg"
Chat: Nome usado para designar aplicativos de conversação (bate-papo) em tempo real pela internet ou aplicativos de mensagens instantâneas
CLP: Controlador Lógico Programável
CMS: Content Management System ou sistema para gestão de conteúdo, tal como um DMS é uma aplicação em computador usada para gerenciar fluxo de trabalho necessário para colaborativamente criar, editar, rever, indexar, procurar, publicar e arquivar vários tipos de mídia digital e texto eletrônico. CMS é freqüentemente para armazenar, controlar, controlar revisões (SCM) e publicar documentos tais como artigos, manuais de operação, manuais técnicos, procedimentos, guia de vendas, brochuras de marketing, propostas, pedidos, etc. O conteúdo gerenciado pode incluir arquivos de computador, imagens, arquivos de áudio, vídeos, documentos eletrônicos, conteúdo Web, projetos, desenhos, etc. Existem várias nomenclaturas e tipos de CMS: DAM, DMS, MCMS, CCMS, DRM, ECMS, WCMS e assim por diante.
Concreto protendido: A protensão do concreto é realizada por meio de cabos de aço de alta resistência, tracionados e ancorados no próprio concreto. O artifício da protensão desloca a faixa de trabalho do concreto para o âmbito das compressões, onde o material é mais eficiente. Com a protensão, aplicam-se tensões de compressão nas partes da seção tracionadas pelas solicitações dos carregamentos. Desse modo, pela manipulação das tensões internas, pode-se obter a contribuição da área total da seção da viga para a inércia da mesma.
Sob ação de cargas, uma viga protendida sofre flexão, alterando-se as tensões de compressão aplicadas previamente. Quando a carga é retirada, a viga volta à sua posição original e as tensões prévias são restabelecidas.
Se as tensões de tração provocadas pelas cargas forem inferiores às tensões prévias de compressão, a seção continuará comprimida, não sofrendo fissuração.
Sob ação de cargas mais elevadas, as tensões de tração ultrapassam as tensões prévias, de modo que o concreto fica tracionado e fissura. Retirando-se a carga, a protensão provoca o fechamento das fissuras.
CRM: Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente
CSV: Comma-separated values - Arquivo de valores separados com virgulas. O formato de arquivo CSV é um formato de intercâmbio de dados tabulares, tais como o conteudo de um arquvo de banco de dados, ou uma tabela em um banco de dados relacional. Neste formato de arquivo de texto, a primeira linha contém os campos da base de dados separados por virgulas. Cada linha sucessiva corresponde a um registro com seus valores separados por virgulas.
DaaS: Development as a Service ou Desenvolvimento como Serviço é o compartilhamento de ferramentas de desenvolvimento web-based e serviços baseados em mashup (aplicação que usa conteúdo de mias de uma fonte para criar um novo serviço completo)
DAM: Digital Asset Management ou gestão digital do ativo
DGN: DesiGN - Principal formato de arquivo CAD suportado pela plataforma MicroStation
Digital Rights: Direitos em um arquivo (por exemplo visualização, edição, exportação) protegidos e atribuidos a um usuário.
DMS: Document Management System ou Sistema de Gerenciamento de Documentação
DMU: Digital MockUp, é um conceito que permite a descrição de um produto, normalmente em 3D para todo seu ciclo de vida. MDU é enriquecido por todas as atividades que contribuem para a descrição do produto como engenharia de projeto, fabricação e manutenção. Um dos objetivos é reunir conhecimento sobre o produto mantido para substituir quaisquer protótipos físicos por virtuais usando técnicas gráficas computacionais 3D.
DOCSIS 3.0: Data Over Cable Service Interface Specification - tecnologia que permite múltiplos canais de download e upload na mesma banda.
DRM: Digital Records Management ou gestão digital de registros
DRV: É o formato de arquivo com informações alfanuméricas que complementa o arquivo gráfico DGN gerado pelo PDS.
DSL: Digital Subscriber Line - Familia de tecnologias que fornecem transmissão digital de dados.
DTM: Digital Terrein Modeling ou modelamento digital de terreno.
DWG: DraWinG - Extensão de diversos formatos de arquivos definida pela AutoDESK e suportados pela plataforma MicroStation
DXF: Drawing eXchange Format - Formato digital utilizado em sistemas CAD que se tornou um padrão para o intercâmbio de dados cartográficos digitais e suportado pela plataforma MicroStation.
EAP: Estrutura Analítica de Projeto ou WBS
ECM: Enterprise Content Management ou gestão de conteúdo empresarial, segundo a definição da AIIM, é o conjunto de estratégias, métodos e ferramentas utilizadas para capturar, gerir, armazenar, preservar e distribuir conteúdo e documentos relacionados a processos organizacionais. Ferramentas ECM e estratégias permitem a gestão de informações não estruturadas da organização onde quer que essas informações existam.
ECM deve contemplar as fases de criação ou captura da informação, armazenamento, preservação, versionamento, superação ou eliminação, indexação, gestão, distribuição, publicação, pesquisa e arquivamento, relacionando os conteúdos e documentos com processos organizacionais.
ECM (Eng): Engineering Content Management - Gerenciamento de conteudo de engenharia
ECM (Eng): Engineering Content Management - gerenciamento de conteúdo de engenharia
ECMS: Enterprise CMS ou sistema para gestão de conteúdo corporativo
ECMS: Eletronic CMS ou sistema eletrônico para gestão de conteúdo
EPC:

Engineering, Procurement and Construction ou Engenharia, Compra e Construção. É uma forma comum de arranjar uma contratação com a indústria da construção. Sob um contrato EPC, o contratado projetará a instalação, adquirirá os materiais e construirá, tanto com recursos próprios, como subcontratando partes do trabalho. O contratado assume o risco do projeto em termos de prazos e custos em retorno a um preço fixado (LS ou LSTK).

Quando o escopo de fornecimento é restrito somente à engenharia e compra, essa contratação é referida como um contrato EP ou E+P. Isto é freqüentemente feito em situações onde os riscos de construção são muito grandes para o contratado ou quando o proprietário da planta tem a preferência por fazer a construção ele próprio

EPCM: Engineering, Procurement, Construction Management ou Engenharia, Compra e Gerenciamento da Construção. Nessa forma de contratação o contratado é responsável pela elaboração do projeto de engenharia, especificar e comprar os materiais e gerenciar o processo de construção como um agente do proprietário do projeto. Enquanto C implica em Construção, CM implica em Gerenciamento da Construção Diferentemente de um contrato EPC, um contrato EPCM é essencialmente um contrato por serviços profissionais com base numa programação de taxas.
ERP: Enterprise Resource Planning ou Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE)
Flash File: Arquivo de animação interativa produzido através do software Adobe Flash
Fórum: Ferramenta usada para promover debates sobre temas específicos através da internet
FPU: Floating Production Unit ou unidade de produção flutuante
FTP: File Transfer Protocol ou protocolo de transferência de arquivos é uma forma bastante rápida e versátil de transferir arquivos, porém com uma série de inconvenientes.
GAP: Google Advertising Professiojnal - programa que qualifica anunciantes do Adwords - individuais ou empresas - através de pré requisitos de uso do Adwords e realização de uma prova.
GBC Brasil: Green Building Council Brasil (http://www.gbcbrasil.org.br) é uma ONG filiada a WGBC que surgiu para auxiliar no desenvolvimento da indústria da construção sustentável no País, utilizando as forças de mercado para conduzir a adoção de práticas de Green Building em um processo integrado de concepção, construção e operação de edificações e espaços construídos.
GET: Grupo de Estudos Técnicos
GIF: Graphics Interchange Format - Formato de arquivo digital de imagens bitmap geralmente usado para ilustrações, figuras, logos e marcas exibidas através da Internet, utilizando apenas 256. cores e compressão de dados LZW patenteado pela Unisys
GPS: Global Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global
Greenfield: É um termo usado para descrever um pedaço de terra já urbanizado, numa cidade ou zona rural, estando atualmente utilizados para agricultura ou projeto paisagístico, ou apenas deixado para a natureza.
Grid: É uma matriz de Grid Points e grid references distribuidos a intevalos definidos pelo usuário, formando uma grade, de maneira a fornecer uma ajuda visual ou uma maior precisão para o projetista.
Grid points: São pontos uniformemente espaçados no plano do desenho localizados sempre a múltiplos inteiros das unidades de grid a partir de uma origem global.
Grid references: São marcações de referência no Grid espaçadas a intervalos definidos pelo usuário.
Grid units: É o ajuste que especifica a distância entre Grid Points consecutivos.
GTD: Getting Things Done, sistema de gestão de atividades baseado no princípio de que uma pessoa precisa mover as tarefas para fora da mente gravando em meio externo. Dessa forma, a mente se liberta do trabalho de lembrar tudo o que precisa ser feito, e pode se concentrar na execução dessas tarefas.
GTD: Getting Things Done, sistema de gestão de atividades baseado no princípio de que uma pessoa precisa mover as tarefas para fora da mente gravando em meio externo. Dessa forma, a mente se liberta do trabalho de lembrar tudo o que precisa ser feito, e pode se concentrar na execução dessas tarefas.
HaaS: Hardware as a Service - também conhecido como Computação sob demanda, conceito onde o hardware é disponibilizado como um serviço e utilizado conforme necessidade
Handles: Pequenos quadrados que aparecem nos elementos quando estes são selecionados. O elemento pode ser alterado através dos handles.
HDMI: High-Definition Multimedia Interface, é uma interface compacta de áudio / vídeo para a transmissão de dados digitais sem compressão.
HTML: Hyper Text Markup Language
HTTP: HyperText Transfer Protocol ou Protocolo de Transferência de Hipertexto é um protocolo de comunicação utilizado para transferir informações pela WWW ou Intranet
HTTPS: HyperText Transfer Protocol Secure ou Protocolo de Transferência Segura de Hipertexto é uma implementação do protocolo HTTP sobre uma camada SSL ou TLS. Essa camada adicional permite que os dados sejam transmitidos através de uma conexão criptografada e que se verifique a autenticidade do servidor e do cliente através de certificados digitais
i-model: Denominação do formato de arquivo somente leitura gerado pelo MicroStation V8i que reúne informações gráficas e regras de negócio. Esse formato de arquivo pode ser lido por qualquer aplicação capaz de ler o formato DGN V8. Saiba mais sobre i-model ...
i.dgn: Extensão do nome de arquivo atribuído ao i-model disponível no MicroStation V8i SELECTseries
IaaS: Infrastructure as a Service ou Infra-estrutura como Serviço é a disponibilização de parte de um servidor de forma que se adéqüe à uma necessidade específica
Icann: Internet Corporation for Assigned Names and Numbers - Entidade sem fins lucrativos e de âmbito internacional, responsável pela distribuição de números de IP, pela designação de identificações de protocolo, pelo controle do sistema de nomes de domínios e com funções de administração central da rede de servidores.
ICC: International Code Council
IEC: International Engineering Consortium - http://www.iec.org
IED: Intelligent Electronic Device
IES: Illuminating Engineering Society - http://www.ies.org
IGCC: International Green Construction Code
IGES: Initial Graphics Exchange Specification - Formato neutro de dados definido pela ANSI para intercâmbio digital de informações entre sistemas CAD suportado pela plataforma MicroStation
IHM: Interface Homem-Máquina
IMAP: Internet Message Access Protocol é um protocolo de gerenciamento de correio eletrônico superior em recursos ao POP3, cuja versão mais recente é o IMAP4. As mensagens ficam armazenadas no servidor sendo possível acesar as pastas e mensagens a partir de qualquer computador, tanto por webmail como por cliente de correio eletrônico como o Outlook.
IP: Internet Protocol ou protocolo de Internet ou ainda protocolo de interconexão é o protocolo usado entre duas ou mais máquinas em rede para encaminhamento das informações.
IPMA: International Project Management Association, organização internacional de gerenciamento de projetos que tem por objetivo reconhecer e valorizar os gerentes de projeto como líderes e agentes de mudança nas organizações.
iRING: iRING (ISO 15926 Grade de Rede de Interoperabilidade em Tempo Real) é um conjunto de informações e protocolos de integração e interoperabilidade de informações e dados de referência que cumprem a Norma ISO 15926, Partes 7, 8 e 9, que desenvolve e depende da norma ISO 15926 Partes 1-6.

O Grupo de Usuários iRING é uma comunidade aberta on-line de usuários, empresas e organizações que usam, estão pensando em usar ou estão desenvolvendo ou implantando protocolos iRING. O Grupo de Usuários iRING também é responsável pela gestão, melhoria e manutenção das ferramentas iRING e do iRING Sandbox. Para obter outras informações sobre o iRING, acesse www.iringug.org.
ISA: International Society of Automation - http://www.isa.org
ISM: Integrated Structural Model ou Modelo Estrutural Integrado
ISO: International Organization for Standardization ou Organização Internacional de Normatização - http://www.iso.org
ISO 15926: Padrão para integração, compartilhamento, troca e entrega de dados de plantas de processo entre sistemas computacionais
Itil: IT Infrastructure Library ou biblioteca de infraestrutura em tecnologia da informação
JPEG: Joint Photographic Experts Group (www.jpeg.org) - Formato de arquivo digital de imagens com extensão JPG que utiliza 16,8 milhões de cores para formar a imagem digital
Keyframe: Keyframes são marcos na linha de tempo em uma animação que determinam o inicio de um movimento. Uma sequencia de keyframes define quais os movimentos que serão vistos pelo espectador e a posição destas definem a duração do movimento.
Laterita: Solo fortemente lixiviado por intemperismo químico que se desenvolve em climas tropicais a temperados úmidos, pobre em nutrientes e com alta concentração residual de hidróxidos de Fe e Al.
Laterização: Processo de intemperismo próprio de regiões quentes e úmidas
LCD: Liquid Crystal Display ou Tela de Cristal Liquido
LED: Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz
LEED: Leadership in Energy and Environmental Design, é uma certificação para edifícios sustentáveis, concebida e concedida pela ONG americana USGBC, de acordo com os critérios de racionalização de recursos como energia e água, atendidos por uma edificação.
Limonita: Mineral hidróxido de ferro: Fe(OH)3.nH2O
Lixiviação: Processo de extração de metal de um minério através do uso de um fluído percolante.
LSTK: Lump Sum Turn Key refere-se a pagamento prefixado (Lump Sum) pela entrega de uma instalação em condições de funcionamento (Turn Key)
MCMS: Mobile CMS ou sistema móvel para gestão de conteúdo
MCS: Model Control System é o módulo Data-Centric da Bentley para armazenamento de componentes de plantas industriais criados com PlantSpace
MDAC: Microsoft Data Access Components
Mil-std: Military Standards
Modelagem 3D: Modelagem Tridimensional - é uma área da Computação gráfica, que tem como objetivo a geração de entidades em três dimensões que permitem a geração de cenas estáticas (renderização), imagens em movimento (animação), com ou sem interatividade.
MPEG: Moving Picture Experts Group - Grupo esquematizado pela ISO em 1988 para definição de vídeo digital. Existem 4 formatos: MPEG-1, MPEG-2, MPEG-3 e MPEG-4
MPEG-1: Video e audio associados a uma taxa de 1.5 Mbps
MPEG-2: Imagens em movimento e audio associados a uma taxa de 10 Mbps
MPEG-3: Imagens em movimento e áudio associados a uma taxa de 60 Mbps, mais tarde reduzido para 40 Mbps e então cancelado, pois o MPEG-2 poderia satisfazer as necessidades da HDTV
MPEG-4: Definido em 1998 pelo ISO/IEC Moving Picture Experts Group (MPEG) sob o padrão formal ISO/IEC 14496. Usado com compressão de áudio e vídeo (AV) para aplicações web, CD, telefone, videofone e televisão
Newsletter: Correspondência periódica enviada para Clientes e Clientes em potencial, oferecendo conteúdo informativo sobre assuntos específicos, notícias, novidades e ofertas.
ODBC: Open Data Base Connectivity, é um padrão para acesso a sistemas gerenciadores de bancos de dados
Ontologia: descrição de termos e das relações semânticas entre eles. Permite identificar conceitos similares descritos de formas diferentes
OWL: Ontology Web Language, uma linguagem XML para compartilhar dados usando antologia na web.
P&D: Pesquisa e Desenvolvimento
PaaS: Plataform as a Service ou Plataforma como Serviço é a disponibilização de uma plataforma, como um banco de dados ou um web-service.
PCF: Project ConFigutation, é o arquivo com as configurações de projeto no ambiente MicroStation com a extensão "*.pcf"
PDF: Portable Document Format - Formato de arquivo definido pela Adobe Systems suportados pela plataforma MicroStation
PDS: PDS é um aplicativo CAD criado a 20 anos, descontinuado por seu fabricante, para projeto de engenharia de instalações industriais.
PLC: Programmable Logical Control ou Controlador Lógico Programável (CLP)
PMBOK: Project Management Body of Knowledge - conjunto de práticas em gerência de projetos editado e publicado anualmente pelo PMI. Estas práticas são compiladas na forma de um guia, chamado de Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, ou Guia PMBOK
PMI: Project Management Institute - entidade mundial, com sede na Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos, sem fins lucrativos voltada a estabelecer as boas práticas para o Gerenciamento de Projetos e certificar profissionais quanto à aplicação dessas práticas.
PMO: Project Management Office - escritório de gerenciamento de projeto
PMP: Project Management Professional - certificação emitida pelo PMI. O seu objetivo é dar reconhecimento público de que o profissional certificado tem conhecimento e experiência na Gerência de Projetos na forma preconizada pelo PMI e seu PMBOK.
PNG: Portable Network Graphics - Formato de arquivo digital de imagens bitmap que surgiu em 1996 para substituir com vantagens o formato GIF
POP3: Post Office Protocol é um protocolo utilizado no acesso remoto a uma caixa de correio eletrônico permitindo que todas as mensagens contidas nessa caixa sejam transferidas para um computador local
Protensão: É o artifício de introduzir numa estrutura um estado prévio de tensões, de modo a melhorar sua resistência ou seu comportamento, sob ação de diversas solicitações.
PSDS: PlantSpace Design Series, é o conjunto de módulos 3D da Bentley para projetos de plantas industriais com capacidade para modelamento em ambiente integrado de equipamentos, tubulação, elétrica, ventilação e ar condicionado que permite ainda iteração com o módulo 2D PS P&ID para fluxograma e diagrama de processo.
RDF: Resource Description Framework – acrescenta contexto aos dados por meio de marcadores tríades
RealDWG: A biblioteca RealDWG provê o mais alto nível de compatibilidade com DWG, tornando a colaboratividade em projetos sem remendos.

A RealDWG foi incorporada pela Bentley a partir da edição SELECTseries 1 conforme acordo com a Autodesk anunciado em 08 de Julho de 2008, melhorando dessa forma a habilidade de escrever e ler DWG com uma fidelidade impecável
Renderização: Processo em que se aplica ao modelo em estruturas de arame (Wireframe) todas as texturas e iluminação previamente definidas.
RFI: Request For Information ou solicitação de informações, é um processo padrão de negócios cujo propósito é coletar informações por escrito sobre as capacidades de vários fornecedores. Normalmente é formatado para facilitar a comparação entre alternativas.
RFID: Radio-Frequency IDentification ou Identificação por Rádio Frequência
RFP : Request For Proposal ou solicitação de orçamento é um processo padrão de negócios cujo propósito é convidar fornecedores num processo licitatório para ofertar produtos ou serviços específicos
RFQ: Request For Quotation ou solicitação de cotação é um processo padrão de negócios cujo propósito é convidar fornecedores num processo licitatório . Uma RFQ tipicamente envolve alem do preço por item, informações como forma de pagamento, nivel de qualidade, etc.
RFT: Request For Tender ou solicitação de oferta é um convite estruturado dirigido a fornecedores de produtos e/ou serviços
SaaS: Software as a Service ou Software como Serviço - Modelo de desenvolvimento de software onde uma aplicação é hospedada e fornecida aos clientes em forma de serviço pela internet como proCompany
SAE: Society of Automotive Engineers ou Sociedade dos Engenheiros Automotivos
SAS: Sistema de Automação de Subestação
SBTC: Sustainable Building Technology Committee
SCADA: Supervisory Control and Data Acquisition ou Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados
SCL: Substation Configuration Language
SDCD: Sistema Digital de Controle Distribuido
SDI: Sistema Digital Integrado
SdS: Solicitação de Suporte
SEO: Search Engine Optimization, conjunto de técnicas para melhorar a posição nos buscadores
SIP: Sistema Informativo proCompany
SMTP: Simple Mail Transfer Protocol ou protocolo de transferência de mensagens simples é o protocolo padrão para envio de e-mails através da Internet. O recebimento de mensagens é realizado por um cliente de e-mail com suporte ao protocolo POP3 ou IMAP
SOp: Sales Opportunities
SSH: Secure Shell é simultaneamente um programa de computador e um protocolo de rede que permite a conexão criptografada com outro computador na rede, de forma a executar comandos a partir de uma unidade remota. O SSH faz parte da suíte de protocolos TCP/IP
SSL: Secure Sockets Layer ou camada segura de sockets é o protocolo criptográfico que provê comunicação segura na Internet sucedido pelo TLS
STEP: STandard for the Exchange of Product model data - padrão definido e mantido por um comitê técnico da ISO suportado pela plataforma MicroStation
SWOT: Strengths, Weaknesses, Opportunities Threats - método de planejamento estratégico utilizado para avaliar as Forças, Debilidades, Oportunidades e Ameaças envolvidas em um projeto ou em um negócio.
TCP: Transmission Control Protocol ou protocolo de controle de transmissão sobre o qual assentam a maioria das aplicações cibernéticas, como o SSH, FTP, HTTP, portanto a WWW.
TCP/IP: Transmission Control Protocol - Protocolo de Controle de Transmissão / Internet Protocol - Protocolo de Interconexão - é um conjunto de protocolos de comunicação entre computadores em rede. Seu nome vem de dois protocolos: o TCP e o IP. O conjunto de protocolos pode ser visto como um modelo de camadas, onde cada camada é responsável por um grupo de tarefas, fornecendo um conjunto de serviços bem definidos para o protocolo da camada superior. As camadas mais altas estão logicamente mais perto do usuário (chamada camada de aplicação) e lidam com dados mais abstratos, confiando em protocolos de camadas mais baixas para tarefas de menor nível de abstração
The Open Group: É um consórcio formado por empresas da indústria de informática para estabelecer padrões abertos para a infra-estrutura de computação. Surgiu em 1996 com a fusão do consórcio X/Open com a Open Software Foundation. O Open Group é mais conhecido por ser o proprietário da marca UNIX, mas também é lembrado pela publicação da Single UNIX Specification, que estende os padrões POSIX e é a definição oficial do UNIX. Dentre os seus membros estão vendedores e compradores de produtos de informática e agências governamentais.
TIFF: Tagged Image File Format – formato de arquivo raster para imagens digitais definido pela Aldus para uso no processo de impressão PostScript, que agora é controlado pela Adobe. Transformou-se no formato padrão dos arquivos gráficos (32-bits) com elevada definição de cores. Suportado pelo MicroStation.
TLDs: Top-level domain ou domínio top-level - Última parte de um nome de domínio de Internet, ou seja, as letras que seguem o ponto após qualquer nome de domínio.
TLS: Transport Layer Security ou Protocolo de Camada Segura de Sockets é o protocolo criptográfico que provê comunicação segura na Internet. O protocolo TLS provê a privacidade e a integridade de dados entre duas aplicações que estejam se comunicando pela Internet pela autenticação das partes envolvidas e da criptografia dos dados transmitidos entre as partes. Esse protocolo ajuda a prevenir que intermediários entre as duas pontas da comunicação tenham acesso indevido ou falsifiquem os dados sendo transmitidos.
TMS: Task or Time Management System ou sistema para gestão de tarefas através de uma combinação de processos, ferramentas e técnicas como GTD
TMS: Task or Time Management System ou sistema para gestão de tarefas através de uma combinação de processos, ferramentas e técnicas como GTD
tpa: Unidade de medida. Toneladas por ano
UCC: Unidade de Controle e Comunicação
UNIX: É um sistema operacional portável, multitarefa e multiusuário originalmente criado nos Laboratórios Bell (Bell Labs) da AT&T por Ken Thompson. A marca UNIX é uma propriedade do The Open Group, um consórcio formado por empresas de informática.
USB: Universal Serial Bus - permite conectar periféricos sem a necessidade de desligar ou reiniciar o computador (Plug and Play)
USGBC: U.S. Green Building Council
VDSL: Very High Bitrate Digital Subscriber Line ou Very High Bitrate DSL - Tecnologia DSL que provê rápida transmissão de dados capáz de suportar aplicações de grande largura de banda como HDTV, VoIP, entre outras.
W3C: World Wide Web Consortium - É um consórcio internacional que desenvolve os padrões para a criação e interpretação de conteúdo para a Web.
WAV: WAVE form audio format – Formato de arquivo definido pela Microsoft e IBM para arqmazenamento de áudio em PC
WBS: Work Breakdown Structure ou EAP
WCMS: Web Content Management System ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web
WGBC: World Green Building Council
Wiki: Coleção de documentos em hipertexto que podem ser criados e editados de maneira colaborativa por seus visitantes e usuários. Wiki também é o nome dado à ferramenta usada para criar e editar colaborativamente estes documentos.
WOLED: White Organic Light Emiting Diode
WWW: World Wide Web ou Rede de alcance mundial denominada simplesmente Web é um sistema de documentos em hipermídia interligados e executados na Internet
WYSIWYG: What You See Is What You Get ou O que você vê é o que você obtem - Refere-se à capacidade de um programa de permitir que um documento apresente a aparencia resultante enquanto está sendo manipulado. Este termo é muito aplicado a editores de texto.
XML: eXtended Markup Language – linguagem para intercâmbio de dados permitindo criação de tags
ZIP: É a extensão que identifica um dos formatos de arquivo compactado. É um formato aberto, o que significa que é de domínio público e pode ser livremente utilizado. Apesar disso, há vários programas comerciais que o utilizam como Winzip. Compactação é utilizada para diminuir o tamanho dos arquivos, reduzindo o tempo necessário para que eles sejam baixados pela ou carregados na Internet e diminuindo o espaço de disco necessário para guardá-los. Um arquivo .ZIP pode conter um ou mais arquivos individuais, compactados conjuntamente como se fossem um único arquivo.